terça-feira, 27 de junho de 2017

Comovida

E assim que me sinto, desde domingo a ver a reportagem sobre os incêndios. A pensar na mais pequena flor da aldeia, pequena e inocente que morreu com 3 anos...a mais pequena flor é um pequeno anjo que personifica a dor deste país e que está no meu coração... 
Estou a ver o concerto solidário, tal como muitos de vocês e a verdade é que somos grandes...tristes, doridos, feridos mas grandes...

6 comentários:

  1. Nem consigo imaginar a dor que aquelas pessoas passaram...ali pressas sem hipotese alguma.

    ResponderEliminar
  2. Fico de coração apertado só de pensar no que ali se passou =(


    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Um colega meu esteve lá passado uma semana e diz que foi muito duro ver aquilo e falar com as pessoas.

      Eliminar